Autarcas da região de Viseu querem audiência urgente por causa do IP3

2019-06-18

Autarcas da região de Viseu querem audiência urgente por causa do IP3

Rogério Abrantes explicou à agência Lusa que este pedido de audiência surge depois de uma reunião com as Infraestruturas de Portugal, na qual o vice-presidente comunicou a alguns autarcas da CIM que a conclusão do projeto do IP3 "se vai realizar só no terceiro trimestre de 2021".

"O IP3 está cada vez pior, cada vez está mais intransitável e, portanto, esperávamos que as coisas fossem de outra maneira. Pensávamos que iria ser um projeto com caráter de urgência", disse Rogério Abrantes, lembrando que esta informação "contraria aquilo que o anterior ministro das Infraestruturas tinha dito numa reunião na CIM".

Para o edil  se o projeto só vai estar pronto no terceiro trimestre de 2021, isso quer dizer que as obras nunca se iniciarão antes de 2023. 

Neste sentido, foi pedida uma reunião com urgência ao  ministro Pedro Nuno Santos para debater com ele e ver quais são as possibilidades de alterar todo este processo.  Só depois disso, é que se "tomam decisões", disse o também autarca de Carregal do Sal.

Rogério Abrantes explicou ainda que, por parte da Infraestruturas de Portugal, "o que existe neste momento" é isto", o que foi apresentado aos autarcas na reunião: a abertura do "concurso para ser executado o projeto de execução e o prazo de entrega é o terceiro trimestre de 2021".

Integram a Comunidade Intermunicipal Viseu Dão Lafões Aguiar da Beira, Carregal do Sal, Castro Daire, Mangualde, Nelas, Oliveira de Frades, Penalva do Castelo, São Pedro do Sul, Santa Comba Dão, Sátão, Tondela, Vila Nova de Paiva, Viseu e Vouzela.