Deputados do PSD acusam ARS Centro de ter motivado rutura na oncologia de Viseu

2019-06-18

 Deputados do PSD acusam ARS Centro de ter motivado rutura na oncologia de Viseu

Os deputados do PSD eleitos por Viseu referem em comunicado, que não se teria chegado a esta situação de rutura “se a ARS Centro tivesse correspondido às reivindicações do conselho de administração do hospital  se o centro oncológico não tivesse sido um embuste do Governo e dos partidos que o suportam no parlamento”.

Os deputados estiveram reunidos na passada segunda-feira com o presidente do conselho de administração do CHTV e foram informados de que em maio, este “já tinha tomado medidas para responder às preocupantes necessidades do serviço de oncologia”, devido à dinâmica do serviço e antes de ter conhecimento do pedido de rescisão de uma oncologista do quadro.

“Quais os critérios para definir as prioridades na Região Centro? Afinal de quem é a culpa? Por que é que só agora se reconhece a situação crítica do serviço? Por que é que não se permitiu a abertura de mais uma vaga para o quadro e agora autorizaram a contratação nominal de mais médico?”, questionam os deputados social democratas..

A ARS informou a Lusa que “remeteu superiormente todas as vagas que o CHTV solicitou para diferentes especialidades”.

A ARS lembra que “o CHTV aguarda o preenchimento de uma vaga para oncologia decorrente do concurso em vigor, tendo sido autorizado, na passada sexta-feira, pela tutela, a proceder à contratação direta de mais um especialista”.

Os deputados do PSD consideram que, mesmo com as medidas anunciadas e com os protocolos a celebrar com os hospitais de Vila Real e de Santa Maria da Feira, “nada fica resolvido”, porque “a solução é paliativa”.