Orçamento de São Pedro do Sul para 2021 é superior a 33 milhões de euros

2020-11-24

Orçamento de São Pedro do Sul para 2021 é superior a 33 milhões de euros

O orçamento para 2021 de São Pedro do Sul é de 33,5 milhões, disse hoje o vice-presidente do município. Se comparado com o do ano anterior, há um acréscimo de três milhões de euros, porque o orçamento para o próximo ano é num clima de incerteza a vários níveis”, assumiu à agência Lusa Pedro Mouro.

A autarquia prevê “criar um fundo de emergência municipal para acudir a situações que possam surgir, quer para as famílias, quer, sobretudo, para as IPSS e, portanto, há um conjunto de medidas na área social”.

O documento, que foi aprovado em reunião do executivo, que conta com maioria socialista, e que vai à votação da assembleia municipal “em meados de dezembro”, também prevê verbas para “acudir à empresa municipal que tem a atividade termal”.

“Por força destas circunstâncias, da pandemia, tem uma receita, comparado com 2019, com uma redução na ordem dos 70%. E, de forma a garantir a estabilidade e os empregos para 2021, a Câmara teve de acautelar essa situação”, adiantou.

Pedro Mouro explicou que “há um equilíbrio financeiro da empresa municipal que a Câmara terá de fazer em 2021 para não colocar em risco os postos de trabalho” e só na área termal “são mais de 150” trabalhadores.

“A grande fatia do aumento do orçamento é no pressuposto de que vamos conseguir alguns fundos comunitários que irão estar disponíveis para 2021”, admitiu, lembrando que “há um conjunto de obras em mãos, algumas maiores, como a requalificação da escola secundária, a recuperação da antiga cadeia e outros investimentos na área do turismo e nas serras”.