ANMP evoca Almeida Henriques com minuto de silêncio

2021-04-13

ANMP evoca Almeida Henriques com minuto de silêncio

O presidente da ANMP, Manuel Machado, disse que “Almeida Henriques foi um batalhador pelo poder local democrático, pela sua cidade e pelo país”.

Declarações do responsável no final de uma reunião do órgão, cujos trabalhos começaram com aquele momento simbólico em memória do autarca do PSD, que morreu no passado dia 04 no Hospital de Viseu, vítima de covid-19.

Em nome do conselho diretivo da ANMP, o socialista Manuel Machado, também presidente do município de Coimbra, lamentou a “morte precoce”, aos 59 anos, de António Joaquim Almeida Henriques, que foi estudante da Universidade de Coimbra e cuja licenciatura em Direito terminou nos anos 80 do século XX.

Em comunicado, a ANMP afirma que o desaparecimento de Almeida Henriques, que cumpria um segundo mandato consecutivo como vice-presidente da associação, “representa uma perda para o poder local democrático, para todos os pares eleitos locais e para a sua família”, a quem a estrutura representativa dos municípios portugueses já tinha expressado “condolências e solidariedade”.