S. Pedro do Sul recebe encontro da Associação Europeia das Cidades Termais Históricas

2021-05-13

S. Pedro do Sul recebe encontro da Associação Europeia das Cidades Termais Históricas

O presidente da Associação das Termas de Portugal afirmou à Lusa que o que procuram discutir é perceber como é que as cidades históricas termais e a importância histórica e cultural pode ser uma mais-valia para atrair novos turistas para os territórios.

Victor Leal defendeu que “não se pode pensar as termas só como balneários por si só e nos tratamentos termais que fazem” nas diversas estâncias, mas “também em todas as atividades que se desenvolvem à [sua] volta e que podem atrair um novo público e novas formas de turismo”.

A abertura da assembleia geral da European Historic Thermal Towns Associatio (EHTTA) - Associação Europeia das Cidades Termais Históricas, – que este ano se realiza em sistema híbrido, com a maior parte dos participantes a usarem a via digital, aconteceu ontem em São Pedro do Sul, onde estão cerca de 25 participantes europeus, até sexta-feira de mais de 20 países.

Na sessão de abertura, no balneário romano das termas de São Pedro do Sul, o vice-presidente da Câmara local, Pedro Mouro, enalteceu o espaço, recentemente inaugurado, após a reabilitação de mais de um milhão de euros, e destacou as atrações do concelho, no distrito de Viseu.