Festival de Street Art chega a Viseu

2021-06-28

Festival de Street Art chega a Viseu

O desafio lançado para este ano recai,  na representação, através da arte, daquele que é o mais antigo e conhecido slogan turístico: Viseu Cidade-Jardim. Frederico DRAW é quem volta a assinar a curadoria do Festival. 

"Em 2021, voltamos a lançar novos desafios para que a criatividade tome conta das paisagens urbanas. O Festival de Street Art é uma referência e marca consolidada em Viseu e no país, e o extenso roteiro de arte urbana que criámos nos últimos seis anos prova isso mesmo”, destaca a Presidente da Câmara. "A capacidade de reinterpretar as principais marcas identitárias de Viseu, enquanto Cidade-Jardim, Cidade de Viriato e Cidade Vinhateira, constitui um importante trunfo na valorização e promoção de Viseu enquanto destino turístico e criativo de excelência”, conclui Conceição Azevedo.

Entre o leque de convidados que garantem a sua presença no Festival está SOJO, artista espanhol que se estreia em Viseu, com um mural na Avenida São Josemaria Escrivá. O seu trabalho artístico desenvolve-se principalmente em áreas como a gravura, o desenho e a arte urbana. Apesar da sua formação em Arquitetura Técnica, dedica-se inteiramente à arte, sendo que as suas intervenções no espaço público têm origem no graffiti, técnica que desenvolve desde 1993. 

A dupla DRAW & CONTRA regressa pelo quarto ano consecutivo, desta vez sob a assinatura do projeto RUÍDO. São eles os autores das criações do mural de azulejos, junto à PSP (2018), do retrato de D. Zeferino, o maior nome da gastronomia viseense no séc. XX., junto ao Forum Viseu (2019), ou da pintura na parede no Bairro 1º de Maio com o tema "Viseu 2020. Luz, Câmara, Ação!” (2020). 

Por estes dias, o roteiro de arte urbana ganha novas formas e cores também no feminino. A designer e ilustradora Fátima Bravo deixará a sua impressão num novo mural, que irá nascer no Bairro Social Quinta da Pomba. O trabalho desta artista, natural de Trás-os-Montes, é, na sua maioria, vocacionado para a representação da natureza e do mundo animal, duas grandes paixões suas. 

Na Escola Secundária Viriato, é o ARM COLECTIVE quem será responsável por dar vida a uma das paredes do edifício. A dupla de artistas Miguel Caeiro (RAM) e Gonçalo Ribeiro (MAR), dedica-se exclusivamente à arte urbana desde 2000 e 2005, respetivamente, cruzando os seus estilos distintos, de graffiti freestyle, experimental e psicadélico, com motivos figurativos que nascem a partir de um imaginário particular. Recorde-se que MAR regressa a Viseu, depois de, em 2015, ter realizado a famosa pintura do "aquário” na cúpula do Mercado Municipal. 

 

CMV