Autarca de Viseu diz ser inacreditável que não se pense na autoestrada para Coimbra

2022-06-22

Autarca de Viseu diz ser inacreditável que não se pense na autoestrada para Coimbra

O presidente da Câmara de Viseu considerou hoje “inacreditável que não se pense, de novo”, numa autoestrada que ligue a cidade a Coimbra, uma vez que há estrangulamentos no IP3 que as obras de requalificação não resolverão.

Fernando Ruas teve esta semana uma reunião com responsáveis da Infraestruturas de Portugal (IP), na qual ficou a saber que “todos os projetos que tinham sido anunciados” para o Itinerário Principal (IP) 3 - que liga Viseu a Coimbra - “estão atrasados”.

“Mesmo que comecem e acabem num tempo mais ou menos razoável fica sempre por resolver o estrangulamento da Livraria do Mondego, para o qual ainda não há solução. Portanto, é inacreditável que não se pense, de novo, na autoestrada entre Viseu e Coimbra”, disse aos jornalistas.

O autarca social-democrata tem “a certeza absoluta” de que, “em 2024, deve haver muitas obras que nem sequer começaram”.

O estrangulamento da Livraria do Mondego “ainda não tem nenhuma perspetiva de solução” e o mesmo acontece com outras obras que “aparentemente eram as mais simples”, referiu, dando como exemplo a ligação entre Viseu e Santa Comba Dão.